terça-feira, 21 de julho de 2009

Eu não sei dirigir

Esse post aqui não é pra contar que quando fiz 18 anos, em plena minha festa de aniversário, bati um carro do ano no poste, numa velocidade de 20km por hora, na rua de mão única e com o carro cheio de gente. Muito menos pra contar que ja sofri um acidente de moto com a minha melhor amiga, em pleno dia do jogo do Palmeiras e São Bento, onde ficamos a madrugada no hospital e que naquele dia haviam mais quatro acidentes de moto, com uma vítima fatal. Nem pra contar que quando eu estagiei no HR atendi mais acidentados que os dedos da minha mão se tornaram ineficientes. Esse post é pra dizer que apesar de tudo, eu superei meus medos e fui expônameamente obrigada pela minha mãe a procurar uma auto escola e me matricular pra fazer aula. Isso, em dezembro do ano passado, quando os preços estavam prestes a subir. Ou era pegar o dinheiro e me matricular, ou era ver a chances de um dia ter um carro só meu por água a baixo. Veja bem, eu queria ganhar um carro, mas não necessáriamente tirar carta pra dirigir né. Ainda tenho esperanças de fazer como a mãe de uma amiga, de pagar pra alguem dirigir o carro popular dela ou esperar minha filha fazer 18 e dirigir pra mim.

Enfim, lá fui eu. Fiz a teórica junto com o amigo G. Frequentamos a aulinha, com muita preguiça e muita falta de paciencia com aquele instrutor F.D.P., machista e totalmente anta (Falou que o sistema nervoso central so conseguia trabalhar com sete porcento da capacidade e que o Einstein foi o único que conseguiu com oito). Passamos na teórica.

Só que a minha prática ficou bem prejudicada com o fato de eu não permanescer em Itapetininga na maior parte do meu mês. Então piquei algumas aulas e to fazendo a maior parte agora nas férias. Mas gente, ta sendo um nightmare, com direito a sonhar com a Hebe sendo minha instrutora.

Primeiro que meu instrutor é, tadinho, muito bocó. No mode on mesmo. ele sabe dirigir, mas ele tem uma dificuldade anormal pra pegar piada. Eu e meu amigo G estavamos brincando na auto-escola que a gente tiraria um racha na virgilio (eu com o Uno e ele com o gol quadrado) e pasmem: ele acreditou. Tô dizendo que a gente tinha que andar com plaquinha escrito Ironia mode on.

MAs como eu e meu bom amigo somos muito dedicados. Procuramos vídeos no youtube. Ja que as aulas não são suficientes, vamos la aprender com profissionais.




Como NÃO FAZER balizas http://boi.geness.ufsc.br/videos/voiture.swf


Eu até estava triste, pensando que era burra por não saber dirigir. Mas encontrei tipos piores.

Bem, ta ai um joguinho pra quem quiser

2 comentários:

Ana Caroline disse...

eu dou umas aulinhas amiga!! nada como uma brajola veia....rs
vc aprende numa roda...rs

evao do caminhao disse...

nossa, q desespero... ele até q foi bem persistente, né