sábado, 28 de março de 2009

Estou de volta pro meu sussego...

Pisando novamente em terras Itapetininganas, ô saudades. Então que a volta foi um tanto complicada. Resolvi voltar de última hora pra passar o fim de semana e peguei carona. Tive que dar uma volta, indo pra Sorocaba primeiro pra depois chegar até aqui. Então que foram três horas dentro de um carro, todo chicoso e pans. Algumas horas eu boiei na conversa dos outros caroneiros mas tem sempre uma música pra me distrair.

O problema foi o caminho Sorocaba-Itapê. Primeiro que eu fiquei UMA HORA morgando naquela rodoviária, isso porque cheguei cinco minutos DEPOIS que o ônibus saiu. A raiva foi la em cima, e eu estava com fome, então minha raiva estava realmente lá em cima. pensava em voltar pra casa e dormir gostosinho.

Acontece que há pessoas nesse mundo que me acham com cara de terapeuta. Vem cá, te conheço? Eu faço enfermagem e não psicologia. Mesmo que eu fizesse psico, eu COBRARIA pela consulta, pombas. Ai que uma campeã lá tinha diversas poltronas pra escolher. Mas não, ela queria sentar DO MEU LADO, justo do meu lado, só pra me contar o que raios ela faz em São Paulo e Patati patatá. Eu só pensava que era melhor não dar corda na louca, vai que ela tem uma arma, vai que ela quer me sequestrar.

Ai ela queria saber o que eu fazia em Sorocaba. Conversas assim do nada, e eu com cara de bunda respondendo. E eu não estava perguntando nada sobre ela e a FDP me contava de tudo. Passei meia hora segurando um fone de ouvido e o outro na orelha, tentando pensar na música e viajar. Uma hora não aguentei, comecei a bocejar por completo e encostei a cabeça no vidro. A tática do sono SEMPRE DÁ CERTO. Educadamente pedi licença (pessoas sensatas so teriam mandado a ser tomar no rabo, mas eu pedi pra dormir) e ela me liberou. Acontece é que eu fiquei mó cara olhando as estrelas.

Quando me vi... avistei meus pais. É curioso voltar pra casa. O mais curioso é que eu posso ter ido embora mas meu irmão continua o filho favorito. Como assim ele tem prioridade no computador? Ele usa todo dia, e eu que tenho que conviver com a lan house da facul? Eu quero meus direitos de filha favorita. Sou eu que passei numa Federal, eu que sou o orgulho da casa. Eu quero ser a Predileta. Quero almoço seguindo minhas vontades e tudo mais.

. Mal cheguei e engordei uns dez quilos só com três lanches (aleatórios) muito dos safados.Mal cheguei e tive que lavar ROUPA, mas este é um bom motivo. Pus pra lavar minha camiseta do Kit Bixo da Enfer. Magina que eu ia vir pra minha cidade e não ia desfilar com a minha camiseta? Qual a graça em fazer UFSCar se nao for assim?

ô doce Itapê, que bom é estar em casa.

Um comentário:

Carol disse...

VC É FODA AMIGA..
CUSTA DAR ATENÇÃO PRA MUIÉÉÉÉ...RS