terça-feira, 3 de março de 2009

101 coisas sobre mim

Esta é minha última semana morando em Itapetininga. Em breve, São Carlos será a terra do "onde tudo pode acontecer". E não é que pode mesmo? Adorei o lugar. Pra mim, lá é grande sim, o suficiente pra eu morar. Não é uma metrópole, como São Paulo, nem muito pequena, como Sarapuí. Tem tudo o que eu gosto, e DUAS Universidades de peso. Digamos que terei "A" vida universitária.

Mas só de pensar ja fiquei com saudades de casa. Bem, vi este meme no blog da Andrea (ela achou que ninguem ia comentar hehe) e resolvi fazer também. Meu momento despedida. Talvez este seja o último post MORANDO em Itapê. Este será um post bem pessoal, pra quem não gosta disso, não diga que não avisei. Vamos lá então:

1- Eu gosto de escrever cartas. Tem gente que ri disso, ja que estamos na Era do e-mail. Mas adoro mandar e receber cartas. Tenho uma ótima amizade com a Mariana de Frutal atraves de cartas, outra amiga que está doente recebe minhas cartas pra se animar. Envio pra alguns amigos de maneira bem positiva pra animá-los. É uma coisa que me anima pakas.

2-Sempre pergunto o aniversário das pessoas de maneira bem discreta. Nem é pra dar presentes, mas é mania pra ver o signo mesmo. Ok, eu não acredito totalmente nessas coisas. Mas é mais pra ter uma idéia sobre a pessoa que converso, saber em que "terreno que estou pisando". Algo meio bobo, mas é minha mania.

3- Tive terceira dentição e usei aparelho por DEZ anos. Eu sei, um absurdo de tempo. Meu caso foi parar até em congresso em SP. Mas o resultado me agradou pakas. Acho que por isso que eu aprendi a gostar de sorrir tanto (adoro sorrisos).

4- Minha vida escolar é uma bagunça. Meu primeiro colégio estudei no Peixotão, acho que se continuasse lá provavelmente abandonaria a escola. Depois fiquei três anos no CEFAM (magistério) em que ganhava pra estudar, era período integral. No meu 4° Magistério, fiz cursinho de noite no antigo anglo. Quando me formei fiz um ano de cursinho no novo Anglo. Em 2007, fui pra FATEC de Sorocaba, não fiquei nem um semestre e voltei pra itapê, nessa que eu passei também na UFSCar pela primeira vez e não fui. Fiz cursinho pro banco do brasil e tentei a unesp, não consegui nenhuma delas. Fiz SENAC em 2008, e só agora que entrei na faculdade. Espero e muito que desta vez eu termine.

5- Ainda não sei se Enfermagem é exatamente o que eu quero. Mas não largo a faculdade por nada. Se o curso não der certo, eu remanejo para outro. Vestibular? tô fora.

6-Eu nasci no dia das bruxas. Mas ainda acho que meus pais confundiram a data do meu nascimento no cartório. Eles juram que eu nasci numa sexta feira mas dia 31 foi num sábado. Tenho que levar em consideração que papis estava bêbado e mamis em trabalho de parto.

7- Ja dublei Chiquititas, Spice Girls e Britney Spears na escola. Da um crédito porque eu só tinha 12 anos. Ok, Britney foi no CEFAM (isso era um king kong).

8- Eu não sou filha única. Tenho um irmão MALA, não nos damos bem e isso é briga eterna. As vezes é estilo "Brasil e Argentina" e as vezes é "Israel e Palestina". Não dá pra se ter amizade. Alias, até que dá, quando estamos vendo O MESMO PROGRAMA NA TV.

9- Quando fui fazer o concurso do Banco do Brasil, esqueci minha carteira com todos meus documentos na casa de uma amiga. Isso foi lá em Bauru. Eu sai de Itapetininga pra fazer a prova nessa cidade porque queria trabalhar no banco e estudar na UNESP. Resultado, não consegui nem um e nem outro. Talvez foi melhor assim, neste dia quase sofremos um acidente ao voltar pra casa.

10- Só peguei amizade com uma das minhas melhores amigas, a Thaís, depois de 5 anos estudando juntas. Nunca troquei a palavra com ela antes. Não iamos com a cara uma da outra. Pegamos amizade no CEFAM um dia quando não conheciamos quase ninguem e começamos a conversar. Somos amigas há sete anos.

11- Era uma aluna medíocre no CEFAM, simplesmente não gostava do método de ensino. Acho que era muito pivete naquela época e dizia que jamais queria ser professora. Agora quero ser professora de enfermagem.

12- Tenho medo de altura. Muito medo. De ser cagona a beça. Tenho medo de aranhas também, ja fui picada duas vezes.

13- Eu não sei dirigir. Na meia noite do meu aniversário de 18 anos, bati o carro do meu amigo num poste. Eu tinha bebido um copo de batida. O carro estava cheio. Estavamos a 20 km/h. Levei dois anos pra querer aprender a dirigir (foi a Brasilia da Thamyres) e só agora estou tirando carta. Só vou pegar em um carro em Julho.

14- Quando fui fazer faculdade em Sorocaba, morei com meus tios. Não deu muito certo. Eu sei que foi uma época ótima, tirando o fato que eu virei emo por dois meses. Juro-te, eu surtei por la.

15- Adorei a época que a Britney surtou. Eu estava tão magrinha. Ela foi melhorando, e eu engordando. Agora ela esta linda e eu estou um balão. Britney VOLTE A SER LOUCA!

16- Fiz ótimos amigos pela internet. Um dos primeiros meninos que fiquei apaixonadinha quando era mais nova só conheci por causa da internet. Vários destes amigos estão entre os melhores, sabendo coisas que nem as pessoas ao meu redor daqui sabem sobre mim.

17- A única briga que me meti foi aos 13 anos. Acho que bati mais do que apanhei. A menina me odeia até hoje. Ela foi bater em um menino mais novo da minha rua e eu não deixei. Ela me chutou e ai começou a briga. Só sei que acabei mordendo o braço dela e foi o maior fuzuê. Eu usava aparelho fixo naquela época. O braço da garota ficou roxo e com as marcas dos meus dentes por um mês. Mesmo assim, sempre fui pacifica.

18- Nunca gostei da Xuxa. Sempre fui mais a Mara Maravilha e o Serginho Mallandro.

19- Ja fui no programa da Luciana Gimenez, isso foi na época do CEFAM e nós, as meninas da escola, fomos. Só fui porque minhas amigas iam e disseram que ia ser de graça, ia ter jantar e passeio no shopping. Se arrependimento matasse... Mas posso dizer que a "Lu" tem cabelo ruim. O melhor foi ela fazendo merchan do Eno: Toma muito guaraná Dolly e depois toma Eno pra aliviar. É óbvio que essa parte não foi pro ar.

20- Aprendi a escrever com três anos. Mas acho que só foi com quatro que comecei a entender o que estava fazendo.

21- Fui adiantada na escola.

22- Sou a pior jogadora de futebol do mundo. E mesmo assim eu tentei.

23- Era muito zoada na escola, isso foi da primeira série do ensino fundamental até o 3° ano do CEFAM. Por isso minha adolescencia foi um lesho total. A coisa só acalmou quando resolvi ignorar todos ao meu redor e só ter amizade com poucos. Passei a ser mais reservada, com poucos amigos, mas sempre educada e mesmo assim tinha gente que não gostava de mim. Acho que sempre vai ter gente que não gosta de mim, por isso deixei de forçar amizades. Depois que passei a ser mais desencanada com isso ganhei a simpatia.

24- Eu queria aprender a cozinhar direito. As pessoas acham que minhas panquecas são gostosas. São a única coisas que sei fazer na cozinha.

25- Ao total me apaixonei 6 vezes na adolescencia. Foi o bandido, o riquinho, o bom-moço-com-uma-reputação-a-zelar (e com uma namorada chatérrima), o metaleiro mala, o puto, o feioso-que-se-achava e o... frutinha. É eu tenho dedo podre pra homem. Na minha fase pós-adolescencia não me apaixonei por mais ninguém, só tive interesses. O interessante que foi justamente nesta última fase que tive a minha maior decepção amorosa. E eu nem gostava do cara.

26- Fui bem magrinha até os 12 anos de idade. Depois disso engordei muito. Deve-se a isso ao fato de eu pensar "Eu sempre vou ser magra assim mesmo então posso comer de tudo". O mundo dá voltas...

27- Passo muito mal em viagens. Quando fiz vestibular em 2005, vomitei no colo de um menino que queria fazer medicina. O interessante que hoje ele faz Direito.

28- Ja fugi pra São Paulo com uma amiga quando tinha 17 anos. Ficamos quatro dia no flat do ex-namorado rico da outra amiga. Até hoje minha mãe quer saber "O que diabos foi aquela vez que você sumiu falando que foi pra Sarapui, se seu pai descobri isso...". Só fomos passear no shopping e andar de metro.

29- Acho que na real só fui pra FATEC porque me apaixonei platonicamente por um menino de lá. Ele era horroroso, e mesmo assim eu gostava dele. No final eu tomei um belo de um fora (porque virei uma stalker choramingona) e passei a detestar Sorocaba. Não entendo porque não fui pra São Carlos. Nunca consegui admitir isso antes. Cagada mór.

30- Uma vez, eu estava na Estação Aurora (uma balada que tinha aqui) tirando sarro de um painel de fotos que eles tinham lá com várias pessoas. Eu tirava sarro pra um conhecido como eles só colocavam fotos de gente "baladeira e riquinha da cidade". Eis que no meio do meu sarro eu vejo a minha foto lá.

31- Outra vez eu estava no supermercado da minha cidade. Lá tem umas fotos de umas pessoas idosas e eu jurava que era de Itapetininganos que tinham morrido. Até ai ok. Meu amigo fez a mesma pergunta quando estavamos la e dei essa resposta. Eis que eu vi a foto da minha Vó Cida. Gelei, principalmente pelo fato dela estar viva. Será que mataram a véia e não tinham me contado?

32- As minhas tias favoritas nem são de sangue.

33- Não tenho muita facilidade de ter amizade com meninos héteros solteiros, pelo menos não com os meninos daqui. Sempre foi meio superficial. Acho que isso é um problema comigo.

34- Adoro conversar com mulheres mais velhas. Alias adoro todas as reuniões de mulheres de todas as idades. É tão divertido, a gente fala bobagem e sempre tem algum assunto que faz a gente chorar e crescer.

35- Se eu fosse homem, acho que seria gay. Mulheres são amigas e não comida.

36- Eu não como carne de porco.

37- O lugar mais longe que ja fui na vida foi Taubaté. Quem sabe Iguape.

38- Faz dez anos que não sei o que é praia. E eu só fui pra Ilha Comprida.

39- Quando era criança usei bota ortopédia. Até hoje meu pé é chato.

40- A única mulher do mundo que me faz chorar duas vezes por mês é a Rosângela. Ela é minha depiladora.

41- A doença mais grave que tive foi gripe. Ela foi tão forte que o médico não conseguia chamar de pneumonia.

42- Ja fui internada por insolação.

43- Quase fui mordida por uma cobra quando tinha 16 anos. Acho que era uma jararaca. Eu sei que fiquei imóvel e quando ela foi me atacar meu pai deu uma paulada na cabeça dela. Peguei pânico por esse bicho.

44- Eu andava de Skate quando era pivete.

45- Jogava video game feito louca mas nunca consegui "dar final" no Super Mario 3, nem em nenhum dos Donkey kong.

46- Tenho quatro CD's do Sandy e Junior. Eu baixei o Acustico. Ok... acabou a piada. Sempre achei a Sandy chata, mas até que gosto das músicas deles.

47- Meu óculos é de grau 0.5, pra cada olho. Pergunta se eu uso ele.

48-Um menino achava que eu só fiquei com ele porque ele fazia Med. Ai se ele soubesse o quanto ele era gracinha. Pena que só falava bobagem na frente dele.

49- Eu mentia demais quando eu bebia antes. Hoje larguei a mentira e continuo bebendo.

50- Adoro ler. Mas não tenho livro favorito. Na verdade, só leio aquilo que me chama atenção. Nem autor favorito eu tenho.

51- Não sou fã de carteirinha de nenhuma banda, nem cantor, nem nada. Acho que gosto de música e não de quem faz a música. Pensamento meu, só meu. Música, pra mim, é estado de espirito. Por isso não consigo odiar por completo um estilo musical.

52- Nunca tive professor favorito na escola. Mas lembro de todos na cabeça e tem lugar no coração pra alguns deles.

53- Já quis ser jornalista. Foi a única vez que pensei em seguir uma profissão fora da área da saúde. Eu tinha 14 anos e queria trabalhar na Capricho. Ainda bem que foi só neste período.

54- O primeiro menino que eu gostei me chamou de monstra na frente de toda a minha sala de aula. Ele era tão babaca que fez isso pelas minhas costas. Hoje acho ele tão tosco que não olharia nem duas vezes pra ele.

55- Já trabalhei de Telemarketing. Durou seis dias.

56- Já trabalhei no IBGE. Durou um mês. Recebi bonificações por quatro meses e até bonus do natal. Aprendi que ser funcionário público é o que há.

57-Nunca namorei. Nunca fiquei sério. Se fiquei quatro vezes com a mesma pessoa é muito. Creio eu que não sou uma pessoa de relacionamentos. De acordo com meu primo Danilo "O dia que eu me enroscar com alguem, vai ser pra sempre". Sinceramente acho que ele só falou aquilo porque tava com segundas intenções pra cima de mim.

58- Uma vez iludi um menino dizendo que a gente namorava. Isso durou um mês. Nos encontramos cinco vezes. Toda vez que ele queria me vez eu inventava uma história. Uma vez fui encontrar um amigo (era só amigo) e inventei uma mega de uma história só pra não encontrar ele.

59- Este mesmo cara, eu apresentei pra minha amiga. Melhor coisa do mundo e se livrar alguem apresentando uma amiga solteira. Eles namoraram por um mês. E com o meu apadrinhamento.

60- Passei duas vezes na UFSCar (momento posso me achar).

61- Uma vez quebrei um prato na cabeça do meu irmão. Acho que o cabelo dele amorteceu o impacto porque não fez nem arranhão na cabeça dele.

62- Criticava tanto minha antiga chefe que no dia que troquei de emprego percebi que ela foi a pessoa que mais me ensinou (positivamente) a respeito de mercado de trabalho.

63- Minha mãe odeia decotes. Acabei criando vergonha em usar coisas muito decotadas. Mas de vez enquando eu uso.

64- Meu pai se tornou abstêmio quando eu tinha 10 anos. Passei um ano da minha vida que ele era mais engraçado quando bebia. Das coisas "Eu não sabia o que eu estava dizendo".

65- Adoro meu pai, quando discutimos a casa realmente cai. Sinto que falo umas coisas que realmente não acho e acabo magoando ele demais.

66- Minha mãe me mima demais. As vezes sinto dó de quanto eu faço ela gastar. Abuso demais.
Isso porque me considero controlada a respeito de dinheiro (ou do meu dinheiro).

67- Adoro o Playcenter. Adoro Hopi Hari. Simplesmente adoro Parques de Diversão. Mas não vou nos elevadores por nada.

69- Tentei ler três vezes O pequeno principe. Só na última vez que realmente gostei do que li.

70- Adoro andar descalça. Meus pais sempre brigam comigo por causa disso.

71- Meu numero de sapato é 38.

72- Não sou chegada em marca de sapato. Nunca comprei um tênis da Nike ou da Adidas. Deixei de comprar All Star porque tá muito caro. Mesmo assim adoro Melissas.

73- Adoro jogos de tabuleiro. Sonho em comprar o War especial.

74- Adoro bugigangas de nerds.

75- Sempre tive medo de uma menina chamada Mônica que estudou comigo no primário e no CEFAM. Só fui perder esse medo no jantar de formatura quando eu vi ela dançando depois de uns dois copos de cerveja. Uma das cenas mais ilárias de toda minha vida.

75- Nesta mesma festa ganhei uma bundada na cara.

76- Ja sofri acidente de moto. Foi com a minha amiga Thamyres. Não estavamos bêbadas, nem tinhamos bebido água. Era 10 horas da noite e Thamy não viu a placa de PARE do cruzamento (tinha uma árvore tampando). A titan da Thamy bateu numa bis. Fomos pro chão e nos ralamos toda, com direito a voltinha de ambulância. A bis não sofreu nenhum arranhão. Foi a madrugada engraçada. Os enfermeiros disseram que houve quatro acidentes de moto naquela noite, mas que eramos as pacientes mais engraçadas. Deve ser pelo fato que nos outros acidentes rolou gente indo pra UTI e até morte. Escapamos desta.

77- Sempre conto que ja fui professora no Pito Aceso. Ao me perguntarem: "Como você foi parar lá?" digo que foi ordem judicial pra cumprir pena com serviços comunitários. Na primeira vez que fui dar aula pra uma sala de segunda série vi duas meninas brigando com um ódio na cara que nunca vi nem em marmanjo.

78- Só faço piada sem graça. E sempre rio do que eu falo antes mesmo de terminar o que quero falar de tão engraçado.

79- Só gosto de séries antigas. E isso depois que elas pararam de ser exibidas.

80- Se eu gostar de uma série desde o começo, isso é sinal que ela vai ser cancelada. Acho que Pushing dasies só acabou porque eu assisti tudo e adorei.

81- Apanhei um monte de vezes da minha mãe. Eram os motivos mais bobos e nem lembro qual era a grande lição que ela queria passar. Já do meu pai foram três vezes na vida, e aquelas sim doeu. A última vez deixou uma sensação de "cicatriz do Harry Potter", cada vez que ele ta bravo comigo chega até a doer minha bunda.

82- As comunidades do meu orkut me descrevem.

83- As pessoas tem o costume bizarro de me fazerem de intermediária pra conhecer meus amigos. Odeio pessoas que só se aproximam de mim pra conhecer meus amigos.

84- De acordo com o G., durante o sexo eu não vou ter orgasmo. Vou cair na gargalhada.

85- Já tive bebedeiras feias. Nunca precisei tomar glicose por causa disso. Mas depois que vi uma bebedeira "semquererquerendo" do meu amigo, fiquei com medo de beber e passar da conta.

86- Não é que eu não goste de sair pra balada. É que eu não tenho dinheiro sempre pra sair.

87- Adoro dançar. Pena que só fiz ballet por um ano e meio. Não entendo porque não continuei.

88- Ja fiz ginastica olimpica. Fiquei com medo da trave de equilibrio e nunca mais voltei pra treinar.

89- Uma vez cai de uma ponte de três metros de altura. Eu estava de bicicleta e tentei atravessar aquela ponte de madeira com meio metro de largura. Depois que eu cai, a bicicleta conseguiu permanescer durante um segundo na ponte de depois veio com tudo na minha cabeça. Fiquei com as marcas da roda na minha cabeça durante uma semana.

90- Confesso: Eu sou brega. Muitas vezes não combino as roupas, sou desleixada. Se pá tem dias que nem passo a roupa que vou. Ia na padaria de pijama.

91- E mesmo assim eu gosto de moda.

92- Logo depois da (não tão) grande decepção de dezembro, tive a conversa na internet mais legal da minha vida que me fez acreditar que os homens ainda tem solução. Web cams são amigas nas piores fossas.

93- Eu posso até parecer durona a respeito de romances. Mas não acho de toda ruim a idéia de me casar.

94- A primeira vez que eu pisei na USP falei: Um dia ainda vou estudar aqui. Não que lá seja melhor que as outras faculs publicas (nunca achei isso), mas já que não é graduação, quero fazer pós la.

95- Falar de religião aqui em casa é um assunto complicado. Por conta própria fiz primeira comunhão mas nunca me senti católica. Depois passei a ir em algumas igrejas evangélicas. Ja fui em culto espirita. Gosto de ler sobre crenças mas agora me sinto "Tenho um lado espiritual independente de religiões".

96- No meu trote da Fatec, minha amiga acabou conhecendo o marido. Hoje eles tem uma filha.

97- Eu fui italiana em outra vida. Adoro tudo o que tem a ver com Itália, principalmente seus pratos típicos.

98- Não consigo manter um vício e manias durante muito tempo.

99- Na tpm viro a Scarlett O'Hara. Sou uma drama queen autentica.

100- Meu coração esta dividido entre Matt Damon em "O gênio indomável" e o Al Pacino em "Poderoso Chefão I". Acho que o Matt ganha por ser mais jovem.

101- Eu falo DEMAIS. Sempre. Adoro falar e falar e falar...

BÔNUS: 102- Levei três horas pra escrever tudo isso.

Tem mais coisas. Mas por hora é só isso. Eu sei, preciso ser mais reservada.

4 comentários:

Andrea Carolino disse...

Eu li tudo hehehehe

Me responda uma coisa: é muito difícil dirigir? Não sei pq, mas acho que não nasci com esse dom =/

Eu tbm já imitei as Spices Girls!
Hahahahahahaha

Não acredito que vc é a culpada por terem canccelado Pushing Daises!

Eu gostei desse negócio de lista.
Estou pensando seriamente em fazer outras hehehehehe

Bjos

Thaís disse...

MEU DEUS...E EU LEVEI QSE 1H PRA LER TUDO! rs....
amei vc ter falado de mim...."uma das minhas best friends"...hahahahha

Ana Luiza disse...

Pri eu li tudo
and... a menina da rua q tu mordeu foi quem mesmo?
porque eu me recordo deste caso
foi a luana?

Regiane disse...

OI pri
nem sei se vc vai se lembrar de mim, mas estudei com vc no cefam adorei seu blog muito bom prometo que vou ler até o fim parei pq meu filho nao me deixa continuar bjss e boa sorte Regiane