quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

Barrados no vestibular

Era para estar na frente da escola às 13 conforme o edital. A escola foi abrir só 15 para às 14. Isso significa ter um bando de vestibulandos morgando na frente da escola, em pleno domingo, num calor sorocabano de 32º ... na sombra. Alie tudo isso com um estresse do caceta.

Antes as provas da PUQUI faziam no prédio da própria faculdade, mas o povo da medicina de lá é tão chato, mas TÃOOO chato, que eles faziam batuque antes da prova. E durante também. Algo meio "vamos zoar com os provaveis bixos da faculdade". Só que esqueceram que nem todos prestam PUQUI, é um vestiba unificado com outras faculs.

Esse ano mudou para um colégio e quem estava na frente de novo? Povinho playba da MED-SO. Grandes merdas.

Fui pro emi ci Donalds e bati um rango. Pra que eu fiz isso? Ahh era pra dar mais sono do que eu ja estava. Mas como é tradição de comer no Mc quando vai em Sorocaba é sagrada, mesmo que em Itape também tenha, lá fui eu gastar 12 contos em sanduiche (mesmo que o lanche mais gostoso da cidade fique na rodoviária e o combo saia por 5 reais).

Ai que eu tive a brilhante ideia de NÃO COMPRAR ÁGUA no mercado. Três coisas são sagradas em vestibular: RG, caneta azul e água. E eu esqueci da água. Bosta. Isso porque a prova da PUQUI é tão foda que nem brinde rolou (só umas balinhas do universitário). Alias, a única coisa que eu realmente gosto de vestibular são os brindes dos cursinhos. Para alguns é uma afronta insinuar a procura de cursinho durante as provas. Algo meio "Talvez você esteja aqui com a gente ano que vem... fazendo cursinho... de novo". Eu prefiro pensar que são presentinhos otimistas pra que a gente pense "Essa é a última vez que estou fazendo essa bagaça". O problema que faz três anos que presto vestibular... espero realmente que seja a última vez.

Voltando pra água. O povo tri legal da medicina estava vendendo água e cerveja na frente da escola. Eu olhei pra aquelas garrafinhas e me senti tentada. Mas, enfim, contudo, pedi a água, que estava por 2 reais. Era a cirurgia dos olhos da cara. Uma garrafinha daquela custa 90 centavos no supermercado. Eu, como uma boa mão de vaca, reclamei:

Vestibulanda: Poxa.. dois contos a água?

Playboy bonitão da Med: Pois é... três reais você leva duas.

Peguei uma só

Vestibulanda: Nossa... mas vocês tão precisando de dinheiro mesmo pra pagar a faculdade ein. (Ironia on)

Playboy bonitão mas tremendamente escroto: ô bixete... que curso você ta prestando?

Vestibulanda: to prestando Enfermagem... na FAMEMA
(diálogo imaginário: perdão ae, a minha é publica)

Playboy: Sorte sua ein... escapou do nosso trote com as folgadas

Vestibulanda: Sorte mesmo. Ja pensou ter que vender água pra ajudar o pai a pagar a faculdade. A que eu quero é de graça.

É eu não tenho medo da morte. Como diz os amigos do meu irmão: O que tem de burro, tem de corajoso. Ainda bem que depois que terminou a prova não tinha mais ninguem da MED por la, se não eu ia ganhar um trote... da PuQui. ECA... da um azar pensar em faculdade particular.

3 comentários:

Ruy Castrus disse...

Gente!!! Atóran um perigon em pri???
heheheheheh
aiai, vê se passa nesse vestibular menina Ò_Ó

L. Archilla disse...

nooooooooooooossa nossa nossa

queria estar lá pra ver a cara de IDIOTA do imbecil de medicina. aliás, eu odeio quase todos os estudantes de medicina.

e sim, se eu estivesse lá ia te aplaudir. e fazer "ihúúú!" - tá, eu sou infantil.

Priscila M.R. disse...

Adorooo Ruy, até que o futuro doc era bonitin... se quisesse se vingar de mim estudando anatomia. Uiii...
Amore.. eu sei que eu tenho que passar no vestiba. MAs que culpa tenho eu se eles não querem me aprovar? CUlpa mais tenho eu se so sou aprovada por curso que eu nao quero fazer. hehehe.

L.!!!!
menina do céu... pior que NINGUEM OUVIU. hehe Só meu amigo BETO e ele so queria me tirar dali hehe. Eu gosto de ALGUNS estudantes de medicina, que são meus amigos e sei que é gente bacana. Mas tenho bronca por playba tb. Odeio pensar que esses negos que passaram pela quantidade de ano em cursinho TOP e são totalmente anti-éticos serão médicos. O pior é que eles entram achando que ja são deuses. A burrice e a falta de sensatez começa no primeiro ano de faculdade. AFFFFF