quarta-feira, 17 de setembro de 2008

Mais uma pra listas de medo

Passando por esse primeiro e assustador estágio no hospital, eu adquiri uma nova fobia. Alguns pacientes acabam me lembrando muito a alguns parentes, amigos e conhecidos. As vezes, eu tenho a impressão que estou vendo em uma maca alguns deles.

Eu tenho minhas razões. Nesses dias eu peguei cada caso cabuloso, nada estilo House mas muito estilo África. Ok, exageros... mas é hospital público né minha gente. Velhinhos doentes eu não fico tão preocupada, é algo meio do fim da vida, sei la são doenças crônicas. Mas é dose ver como acidente, principalmente os de moto, destroem as pessoas. Elas que não deviam estar ali, que tinham faculdade pra terminar, filhos pequenos ou na escola, contas pra pagar. Aquele famoso "Se eu não tivesse...". O pior é se foi por negligência... alheia.

A minha mãe sofre de pressão alta e ultimamente ela tem alguns problemas de saúde. Nesses dias eu fui ajudar no banho uma mulher com a mesma idade que a mamy e teve um AVC. Olhando assim os traços eu pensei: "Puxa, podia ser a minha mãe". Pela primeira vez eu achei graça na camiseta do meu irmão "No stress. Antes chegar tarde nesse mundo do que cedo no do outro". Meu mano e suas filosofias de boteco.

Sempre que chego do estágio, uma das primeiras coisas que eu faço é entrar no banho e ficar imensamente feliz por não ter visto ninguém que eu gosto sentado naquelas camas. Eu sou agnóstica, então não sei direito a quem agradecer. Ainda não sei se estou preparada pra ajudar a cuidar das pessoas que eu gosto.

Nenhum comentário: