quinta-feira, 10 de abril de 2008

Como perder um homem em 7 dias


Semana passada, eu estava escutando meu sonzinho no intervalo da aula. Reparei que minha coleguinha (é inha porque a safada é boazinha, ingenuazinha, bem inha mesmo) estava escrevendo toda feliz seu nome nas apostilas em letras garrafais. Como não quer nada, olhei no sobrenome dela.

_ Poxa, você tem "Cicrano" como sobrenome, que chique, com certeza é partente do "fulano".
_ Ai não sei.
_ Nossa, como não sabe? A cidade não é tão grande e o nome não é comum.
_ É por que não é meu. É do Boyfriend.
_ Nossa, mas você JÁ adotou o sobre nome dele, imaginando o casamento? (Eu dando MUITA risada por dentro) Ihhh fia, conselho de amiga, num mostra isso que ele foge rapidinho.

A menina ficou MEGA sem graça. Fique com dó, porque ela é bem boazinha, novinha, tadinha. Mas vê se pode, coisas que a gente faz quando é BEM nova. Não faz em INICIO de namoro.

A sirene do meu lado "macho de respeito" foi ligada. Por telepatia, enviei sinais de "Foge amigo, foge". Se eu fosse homem, seria UMA DAS PRIMEIRAS COISAS que me faria largar de uma menina. Essa viagem de pensar em casamento, resto da vid, blá blá blá.Alias, coisas que me faz querer fugir de relacionamento, o esquema ficar "sério demais" antes da hora.

Dito e feito, o menino entrou com o pé e ela com a bunda. Creio que ela vai ter que usar MUITO corretivo pra apagar aquelas apostilas. Mas pensando bem, ela pelo menos ela usou papel. E as outras que tatuam o nome do cara. Dor em dose tripla: abandono, laser pra tirar a tatuagem e o bolso.

Um comentário:

Ice Ice Baby disse...

ó..vc tb "deu as caras"....q legal chuchu!!!

mulher adora fazer cagada né? sai logo pegando sobrenome...escolhendo o nome dos filhos...pqp!! odiozinho da classe!!!

tem presente pra ti lá no blog chuchu.

bjs