quinta-feira, 6 de março de 2008

Gente estranha

Eu falei que minha chefe fala de si mesma, em terceira pessoa. Vamos concordar que essa é uma característica de gente LOUCA e digamos que ela o é.

Mas tem o cúmulo da loucura: Ela me chama pra falar de um aluno, para eu passar um recado pra ele. Detalhe: A criança ta na frente dela, escutando tudo e estranhando.Por que raios não fala DIRETAMENTE pro serzin? Precisa me fazer de pombo-correio?

São duas pessoas em uma mesma conversa, falando a mesma língua e com um intermediário repassando o que o outro diz. Parece aquelas ceninhas de "Fale para fulano que eu quero meu prato de volta", ai tem um idiota que vira (no caso, eu) que repassa o recado e por ai vai. O pEor é que eu sou obrigada a repetir o que ela fala.

Se parasse por ai, eu não teria tanto do que reclamar. ela conversa COM ELA MESMA, em tom alto e olhando na minha cara, como se eu estivesse entendendo de tudo que ela ta falando e depois da risada (meio forçada) da minha cara de incógnita. Tipo, mó chat rolando na mente dela, e eu de fora. Maravilha.

Pra entender essa SER, vou ter que aprender a arte da Clarividência, porque é só ler a mente. Ou levar ao pé da letra a frase "Com doido não se discute, concorda ou finge que não ouve".

2 comentários:

evaodocaminhao disse...

acho uma sacanagem, pq qdo a gente realmente precisa só se fode

eu tô com meu tornozelo estourado pq nçao fiquei tempo suficiente engessada no fim do ano passado pra não entrar no esquema de licença

pq é bomba o baguio

KAZINHA LACERDA disse...

gente, sua chefe precisa de um namorado!
vamos colocar um anúncio nos classificados?