segunda-feira, 31 de março de 2008

Queridos Amigos

Na foto: Tati Mabe, Thamy, Thaís e eu (jan/2005)

Ontem fiquei tão irritada de ver tanto livro em cima da mesa que desanimei. Deitei na cama e comecei a refletir. No mesmo momento vi , em cima do guarda roupa, uma caixa de lembranças. Peguei a caixa, só de brincadeira, e comecei a ver diários antigos, bilhetinhos de sala de aula do CEFAM, fotos, flyers de baladas e outras coisas mais. Eu fiz um vídeo sobre essa caixa, só mico, tá la no meu orkut.

Olhando nos diários de 2003, vi que JUSTO HOJE é o dia que eu conversei pela primeira vez com a minha amiga Thaís. Nossa história junta é bem doida.Estudei com a menina da 5ª série até o 1° colegial na mesma sala e nunca conversamos direito.

Eu achava ela metidinha, e ela me achava desmiolada. Foi só neste dia, há cinco anos atrás que começamos a conversar de verdade e que nos tornamos a amiga que somos agora. Nesta também entrou a Tati Mabe e a Thamyres. Foi nos trabalhos que o Goya passou a ser parte da turma. Tenho certeza, que até podemos ter caminhos diferentes, mas foi devagar que conseguimos manter o contato.

Faço parte de uma turma bem pequena. O quanto eu ja tentei ser amiga de muita gente por aqui mas não deu certo. Amigos mesmo da turminha são estes, óbvio com MUITOS agregados e conhecidos, mas este é o grupo original. Das brigas na escola, a gente não teve nenhuma grave. De comer na padaria pão de batata com mortadela e tomando coca-cola de vidro. As baladas do king Palace. As confusões que a gente não sabe como entrou, mas saimos com estilo. Tem coisas que nem da pra contar que se não daria altas brigas (dos outros).

O nosso grupo começou quando duas pessoas pararam pra se conhecer e admitiu a entrada de mais pessoas. Isso é tão legal. A amizade ocorrendo de forma natural, sem pressões.

Tenho certeza, que até podemos ter caminhos diferentes, mas foi devagar que conseguimos manter o contato. Que superamos nossas diferenças, e continuamos a ser essas turma BEM rara. Não só pra festa, que são raras, mas também pras conversas sinceras, e essas sim são muitas.

Bem a Müller (vulgo Thaís) acha que eu nunca falo dela aqui. Então este post foi dedicado a essa falsa japonesa, mas que na verdade é alemã (alguem entendeu?). Bjão querida. E sim... eu ainda quero saber DO QUE VC APRONTOU COMIGO sem eu saber. Ja sabe que te perdoei antecipadamente, mas ainda quero saber.

De acordo com Brothers & Sisters "As pessoas que mais amamos podem ser as que menos conhecemos". Eu adorei passar esses anos descobrindo sobre Todos amigos. Espero que venham mais.

domingo, 30 de março de 2008

...The way you look tonight

Final da tarde me empolguei. Iupi, vou sair pra ver gente. Mas será que devo? A pilha de matérias pra estudar ja passou do teto. Quantidades absurdas de xícaras de café e de suco sobre a mesa. Potinho de pó de guaraná escondidinho no canto.

Mas hoje vai ser a minha noite. Preciso de um sábado pra se divertir e ver o bonitinho do momento. Acertei com o amigo dele. Oba... hoje ele vai saber que eu existo. Aquele dia ele me ofereceu uma cerveja, mas eu fiz que ele não existia, achei que tinha namorada. Não tem, solteiro.Ligo pra todas as amigas, elas tão estranhas. Ontem eu que dispensei elas, não podia sair manemuerta (tinha trabalho em grupo de manhã). Ninguém confirma nada.

Vou pro banho e la canto meu mantra "Tudo vai dar certo" acompanhado de "Hoje é o meu dia de gente... hoje é proibido dormir". Passei o óleo trifásico novo da avon (muito bom gente... mega aprovado). Pele bem hidratada. Cabelo bem cacheado, a base de muito creme e baby liss (ocasião especial né). Opa... hoje vou por a língua pra malhar. Beijos e mais beijos. Tudo vai dar certo.

Peguei a primeira blusa que fiz, decidi que é pra dar sorte. Calça jeans da Hering (caimento ótEmo) e sapatinho fofo da all star. Maquiagem nova, em vez de delineador preto comprei beringela. Fica um efeito BEM legal e discreto.

Ligo pra amiga n°1. E ai vamos sair? "Ai Pri, to no niver do meu primo. Meu pai ta bravo comigo, não vai me dar carona... porque eu não to afim". Ligo pra amiga n°2, uma voz de mentira no telefone. E ai onde vc ta? "Ai Pri eu to... eu to... hmmm... tô em casa". Então vamos sair? (escuto a voz do namorado dela do outro lado da linha). "Ai Pri, o Rafa vai tocar... eu sei la... ai vou ficar... to sem dinheiro... to sem tempo (mentindo OBVIAMENTE)... ai preguiça". Priscila com cara de cu.

Toda arrumadinha, com dinheiro (raridade) e com uma tremenda vontade de sair e ver o menininho. Queria tanto que ele me explicasse física e química. Sabe como é né. Faz MUITO tempo que não paquero de verdade. Que não me arrumo pra tentar ver alguém especial. Broxei.

Fiz meu lanchinho, ja que não comi pensando que sairia. Liguei a tv e tava passando um dos meus filmes favoritos "O casamento do meu melhor amigo". Me identifico com a Julia Roberts total. Após todas as confusões, ficou sozinha. Meigamente sozinha.


Some day, when I'm awfully low,
When the world is cold,
I will feel a glow just thinking of you
And the way you look tonight.
You're so lovely, with your smile so warm
And your cheeks so soft,
There is nothing for me but to love you,
And the way you look tonight.

http://www.youtube.com/watch?v=yhgiQnM1ow8

Boa noite pessoal.

sexta-feira, 28 de março de 2008

Job



Comprei um livro chamado "A distância entre nós" nesses dias e só agora terminei de ler. Não vou contar toda a história do livro, mas é basicamente um relato sobre uma patroa e a empregada. Apesar de serem de castas diferentes (isso ainda existe), levaram uma vida parecida, com decepções e compartilharam isso no meio de uma sociedade indiana "cruel" para os padrões ocidentais.

Tem uma coisa que vi no livro, que é universal, e me irrita muito. A tal da gratidão excessiva que algumas pessoas tem sobre seus chefes. É isso que eu vi ser questionado no livro pela neta da empregada.

Ta certo que emprego não ta fácil de achar. Batalha-se muito, procura-se fazer o melhor pra poder trabalhar em um lugar legal e os melhores, somente esses, podem ESCOLHER onde quer trabalhar. O resto tem que rebolar mesmo. Mas nem por isso alguem ta no serviço por favor. Tá la por que quer algo em troca, 99,9% quer din din.

A pessoa não faz mais que a obrigação em pagar todo 5° dia util do mês, e definitivamente não é ser bom patrão por isso. Muito menos dar uns "mimos" em épocas de festa. Ja vi pessoas agradecerem patrão por receber décimo terceiro como presente de final de ano.

As vezes vejo até minha mãe falando que eu devia agradecer de estar trabalhando, mesmo que seja por pouquissimo. Fala como se fosse a BIG chance, só pra dizer que tenho um emprego e não mais uma.

Uma vez eu li, não lembro aonde, que dizia que o melhor incentivo que uma empresa pode oferecer ao seu empregado é um salário justo todo mês e a gratificação de trabalhar em um bom lugar. Isso vale mais que qualquer palestra. Concordo plenamente.

quarta-feira, 26 de março de 2008

Reality Shows

Ontem foi a final do BBB. GRaças que acabou. Passar mais um mês vendo a cara daquela sonsinha ou só ouvir falar do nome dela ja me da nauseas.
Ainda bem que o EMUXO ganhou. Nem sei porque ainda bem, mas pelo menos ele soltou a melhor frase que todos os vencedores falaram: "Eu to rico!". Bem melhor que: "Obrigado Brasil".
Mais verdadeiro.

Sou da época da casa dos artistas, então o BBB não me empolga tanto assim. Assisto mais pra conferir o que o povo fala mesmo. Este ano acompanhei pelo Big Bosta, que tem visão mais "crítica e ácida" do programa. Uhul, Um milhão pra Divão. A Natália era tão espontânea e engraçada.

Globo, como sempre, manipuladora. Tava na cara que aquele menino ia ganhar. Se a Gizmunda realmente fosse eleita a vencedora, acha que colocariam a Pitty pra tocar? Neeeever. Falando nisso, eu gosto da cantora, mas ela tava meio desconfortável la né, jeitinho de "Me tira daquiiii".

Outro reality show é o American Idol. Mas esse realmente me empolga. Eu tinha adorado a apresentação do Danny Noriega, com a versão do Soft Cell "Tainted Love". Achei ele tão parecido e com jeito do meu amigo Ruy (uhul) e com uma voz igual também, que foi impossível não querer dançar a música. Pra mim, era uma nova versão do Sanjaya. Só eu achei isso. O menininho foi eliminado, tadinho.

Agora minha favorita é a Carly Smithson. Eu não tinha visto o teste dela, só aquela vinheta da Sony UM BILHÃO DE VEZES, que até peguei bronca. Aquele bando de tatuagem do marido dela, se eu visse na rua SAIRIA CORRENDO. Mas adorei as apresentações dela. Definitivamente, tenho opinião diferente do Simon. Ô cara mala. A irlandesa SABE cantar, e sabe que o estilo dela é o melhor pro seu timbre. Lindinha.

Novidade maior é a volta do BraZil's Next Top Model. Ainda acho que a Fernanda Mota (tt?)é um sem graça e fala só por ela, e não por uma equipe. Ela não é conhecida pelo povo que vê tv paga, podiam ter colocado uma modelo mais carismática.

Seria a Érica Palomino uma Simon da moda? Jurados que amamos odiar. Será que tem chance do America's Next Top Model rolar de novo? Nunca acompanhei direito pra ver se a Tyra era tão má assim. Mas eu lembro que ela era ótima.

Falando de programas, vamos ajudar a Polly ,do Te dou um dado, a entrar no programa da Paris Hilton. É um dos meus blogs favoritos, conhecido por 11 entre 10 blogueiros. Eu sou uma daquelas nerds que votam horrores. Seria bem legal ver na MTV alguem do braZils né? Tava mega divertido ela em 1° lugar, inventaram boatos cabulosos sobre a menina.

Gente, é só o meu blog que não tá conseguindo colocar imagem, vídeo e links aqui. Saco viu!

terça-feira, 25 de março de 2008

Ops... apaga o fogo!

Antes eu costumava falar coisas foras o tempo todo, e que nem era exatamente aquilo que pensava e queria dizer. Era mais infantil e pagava bastante mico com isso.

O tempo passou, e no escurinho do meu quarto fico remoendo essas pequenas coisas que me deixam bem louca. Meu lado Bridgit Jones, de um pagar mico e mais outros tentando consertar.

Antes eu não tinha blog pra me exorcitar. Agora eu tenho.(haha) Hoje dei minha primeira GRANDE bola fora no curso. Se eu não enterrar isso, vou ficar pensando durante um BOM TEMPO e enxendo o saco de muita gente também. Então azar de vocês que vão ter que ler tudo.

Hoje em sala, tava todo mundo conversando e eu tava empolgada. Quando tô assim, me acho a pessoa mais Funny do mundo. As vezes sem motivo, como de hoje. Uma verdadeira Joselita. Normalmente eu me seguro pra falar algo, até em momentos que eu DEVERIA FALAR e não o faço.

A professora só nos relembrou do curso que os bombeiros. Eu, pra fazer graça, me solto a frase, não pro meu grupo mas pra sala e pra profê:

_ EEEEBA, VAi ter bombero bunito? (com cara de tonta)

Eu juro que esperei uma alma dar uma risadinha de canto. Nem um sorrisinho, só aqueles olhares de LOOOOOOSER.

So escuto um: _ Priscila, vou fazer de conta que não escutei isso.

Fiquei piquinininha. Inferior. Quase fui me esconder no poço do elevador. Foi horrivel. Aqueles momentos "Me tira daqui!".

Depois eu so escutei "creeeeeu", merecidamente. Acho que se tivessem rido de MIM teria sido menos constrangedor.

Próxima vez, SIMATAMIGA!

segunda-feira, 24 de março de 2008

Ganheeeeeeei

Atrasado, mas ganhei meu ovo.


Alias OVINHO, pitiquiiiiiiiiinho só 80 gramas. Mas o importante é a intenção. Também não veio brinquedo, mas o importante é a intenção.

Quem deu foi meu pai. Ele me viu comendo cocada e deixou queto, ai so lembrou que tinha comprado hoje de manhã. Eu acho que é mentira dele, tipo... ele comprou hoje cedo porque tava mais barato, mas o que importante (sempre) é a intenção .





Vou chegar tarde pra aula, mas vim correndo tirar a foto com a Webcam pra mostrar pra vocês. Quem quizer eu mando chocolate virtual mais tarde. Vocês podem até não saborear, mas o importante é a intenção.

domingo, 23 de março de 2008

Duas Caras


Ja fui um ser mais televisivo do que sou no momento. Meu pai cortou pela metade o pacote da TV a cabo e só ficou canal fraquinho, salvos pela Sony, Warner e a grande ESPN (campeonato de sinuca show). Não tô entendendo por que os canais tão dublando a série. Ouvi falar de um projeto de lei sobre a tv paga passar programas estrangeiros em português mas isso é tão patético.

Por exemplo, em Grey's Anatomy, o que é aquela voz da Bailey? broxante. Eu jamais acreditaria que aquilo é uma Nazi. Eu quero ser ela quando diminuir, but in english, please. Tem que treinar o idioma pra na hora da bebida. Todos sabem que alcool aperfeiçoa o sotaque.

Mas meu comentário de hoje é sobre a TV brasileira, mais precisamente da novela das 8 (que passa as 9). Eu não acompanho direito, só zapeio, mas reparei em duas coisas;

Aqueles três que são namorados e tals, sei não. Acho que tive um deja vu. Um não, dois. "3 Some" e "Splendor". Na televisão nada se cria, tudo se copia... e de filme.

A Aline Morais (proposital) faz papel de malvada. Puro Medo gente. Ela se jogou da escada, no meio da festa do filho do namorado-pilantra-que-vai-virar-bonzinho e pra culpar a mãe. Como ela é má. Com certeza ela teve a brilhante idéia fumando aquele cigarrinho de cravo, aquilo deixa qualquer um doidão.

Engraçado que na mesma hora da cena, tava passando na mtv o "Scared", que mostra os acidentes de esportes radicais e seus resultados. O melhor tombo da noite foi um mongolóide que caiu feio de skate numa escada e teve fratura exposta do rádio, ulna e úmero (ossos do braço, mal da prova de anatomia). Ja que a Grobo ta copiando tudo, por que não fez um tombo igualzinho. Seria hilário.

Outra que não para de copiar é a Record. O que é aquela novelinha de mutante? Defeitos especiais total. Copia descarada de Heroes. Neste ponto, a Rede Tv foi genial: gravou BEM MAL FEITO, a versão das Desperates Housewives (tá certo?) só pra ganhar popularidade com isso. Manteve o nome e fez merda. Será que eles vão fazer exibir Ugly Betty?

TV aberta ta me dando Pânico, alias alguem viu se o Vesgo conseguiu chegar na Brit? Quero ver selinho e sandálias da humildade.
P.S.: Alguem viu que vai ter 2ª temporada de "BraZil's Next Top Model"? Adoreeeei o episódio que uma jurada chamou a modelo de "Feia". Gente eu chorava se escutasse aquilo, e se beleza fosse meu ganha pão. Mas amei, dava vontade de ser modelo até, mas teria medo de escutar o Hercovich me chamando de roliça. Saudades da Tyra Banks.

Hoho, Feliz Páscoa

Só pra deixar registrado, a minha mãe ESQUECEU de comprar meu ovo da páscoa.

Falou que essa semana foi corrido pra ela e quando foi nas americanas, a fila tava muito grande.

Foi no supermercado e só tinha ovo quebrado.

Quer dizer que o unico chocolate que eu ganhei foi da minha patroa?

Não foi um ovo, mas uma caixinha de chocolates alpes (muito bem saboreados).

Mas eu quero meu ovo e quero Já.

Tenho a impressão que o Coelhinho da Páscoa não é tão eficiente como o papai Noel.

Resumindo: Feliz Páscoa queridos leitores, e se atolem no chocolate por mim. Que cresça bastante espinha em vocês e que fiquem viciados por mim.


Essa da imagem sou eu, em uma festa que eu não sei como fui parar e numa fantasia de não sei quem. Percebe-se que pelo olhar eu estava muito consciente dos fatos. Mas ta ai minha pequena homenagem.

sábado, 22 de março de 2008

Piaf - Um hino ao Amor


Non! Rien de rien,
Non! Je ne regrette rien
.Ni le bien, qu'on m'a fait,
Ni le mal, tout ça m'est bien égal!




Não pude ver no cinema, nem passou no daqui, mas chegou rápido nas locadoras. Não sou crítica de cinema, nem nada, apenas gostei do filme. O sotaque francês transforma palavrão em poesia pros meus ouvidos. Nossa como a voz dela era linda, e que história de vida. Eu chorei com o final, por motivos óbvios "Marcelle... Marcelle".

Assisti o filme com meu pai, alias ótima companhia e que ainda sabe falar o idioma, mas ensinar a filha que é bom nada. Sempre fico apreensiva se vai aparecer alguma cena de secho, digamos que é contrangedor³ com seu véio do lado (olhares pra cima, pra baixo). Ainda bem que neste filme só rolou uma tetinha de uma traveco e bem la no inicio.
Fiquei com uma dúvida. Será que a verdadeira Edith Piaf seria tão feia como ela foi retratada? Meu pai disse que não, ele ja era grandinho quando ela morreu e lembra dela de filmes (não façam contas por favor).


Joguei no google e a mulher não era feia não. Achei que a Marion Cotillard que devia ser meio mocréinha. So tinha visto a foto dela de relance no Oscar e até confundi com a Mônica Belluci (França e Itália tudo mesma coisa).

Mero engano, a atriz é mó lindona. Meu queixo foi pro chão. Nem em três encarnações eu sou páreo pra falar dela. Achei essa foto tão lindinha, olha que vestidinho mais fofo.



Mas não entendo, por que enfeiaram TANTO a mulé? E isso eu to falando até em fases que ela ta "bonita". Ta certo que a maioria das cenas era quando ela tava pobre, drogada ou doente, mas mesmo assim, não mostraram cenas da época que ela fez filmes. Pontos pra ganhar o Oscar? Duvideodó, Cotillard tem muito gabarito pra isso, ganhava facin-facin, ótima atriz. Coisas do cinema que não entenderei jamáaas...

Eu Quero - Top five mais acessiveis

Fiz essa pequena lista de mimos que queria ganhar/comprar se pudesse no momento. Nada de coisa do outro mundo, mas que no momento não ta rolando por causa de verba.

5° - Perfume Humor n°2 masculino, da Natura (e olha que eu nem vendo).










(Nem era esse o perfuminho da foto, mas a linha toda tem um cheiro tão bom)
Preço: 70 reais
Por que eu não compro agora: além da falta de dinheiro, tenho que gastar o outro perfume. Sou do tipo Fiel a fragrância até a ultima gota.


4° - Livro "A sombra do vento" de Carlos Ruiz Zafon.














Vi ótimos comentários sobre ele em vários blogs e em conversas, fiquei morrendo de vontade de ler mas não achei nas bibliotecas. Mais um pra minha estante

Preço: 23 reais (promoção das americanas).
Por que não compro agora: Comprei tres livros pela net so este ano e ainda nem terminei de pagar os outros. De acordo com a minha mãe, crédito tem limite.
Sapato Melissa - Pequeno Principe












Preço: 70 reais (site)
Por que eu não compro agora: De acordo com a minha mãe "70 reais num sapato de plástico". Preconceito, puro preconceito. A ultima melissa que eu comprei é numero 37. Eu uso 38. Mas eu love do mesmo jeito.

2ª Maquina digital da sony
























Preço: 899,00 (em até 10 vezes)
Por que não compro: De acordo com a mamys, "logo agora que o filme da kodak ta baratinho..."


lugar (tan tan ran ran tan tan) : Monitor Samsung 22'' Preto Widescreen


Preço: 1.099,00 (em promoção)
Por que eu não compro agora: Por que nem de longe, 1100 pilas é acessivel. Mas vale a pena sonhar. Neste momento, o meu monitor, que ja esta na família há 6 anos resolveu pifar. A tela está rosa e com diversos riscos roxo. Pronto, chutei alto no último.
Hey pessoar, agora passo o top 5 pra vocês. Quem quizer me presentear, só pedir meu endereço que eu passo.
Uma coisa é nascer pobre, outra é levar uma vida de falida. E olha que eu nunca fui rica. Essa é a Neo-pobreza.

sexta-feira, 21 de março de 2008

Pôooooo paaaarando tudo

Agradecendo desde já o Selo da minha querida escorpiana-carioca Jackie (Thanks Baby). Saiba que eu quero atravessar a ponte Rio-Niteroi com piñas coladas contigo viu. Você vai me corrigir no inglês né? Ate agora so sei falar "I love meu chuchu, Mercibocu".

Mas esse post é um protesto.

Sabe quando você sabe que escrever em blog é perigoso? Quando tem gente da sua cidade lendo tudo que se escreve. Carai... to com medo desse treco aqui.

Acabou a inspiração. Porque raios isso foi acontecer? Chega... não vou escrever mais.

(e depois de uma hora de choros com o G. no telefone...)

Mentira, vou sim hehe. E deixar pra traz meus "fiéis" leitores. As minhas cumpanheiras blogueras. Tem gente até da TV lendo isso... porque vou abandonar. Tem até uma cena estupida minha aqui recebendo um premio pulitzer.
Conterraneos de Itapetininga, sejam bem vindos! Podem dar risada a vontade até mesmo aqueles que presenciaram meus momentos surtados.
Apesar de todos os meus azares (e cara EU TENHO UM MONTE), é a primeira vez na minha vida que não procuro amizade e sim elas aparecem pra mim de uma maneira espontânea e sem forçar a barra. Parece que. apesar de eu ser considerada uma "fracaçada" por não estar na faculdade ou sem um tostão na minha poupança, é o melhor momento da minha vida em relação a amizades. Não é por poucos que vou mudar isso.
Escutando Freddom do George Michael, versão Danni Carlos, por que eu sou muito brega. Ta... a versão não tem nada haver com o barraco...mas tava tocando no meu radinho particular.
(não consegui colocar aqui)
La vai a letra então
Well it looks like the road to heaven
But it feels like the road to hell
When I knew which side my bread was buttered
I took the knife as well
Posing for another picture
Everybody's got to sell
But when you shake your ass
They notice fast
And some mistakes were built to last
That's what you get
I say that's what you get
That's what you get for changing your mind
And after all this timeI just hope you understand
Sometimes the clothes
Do not make the man
I'll hold on to my freedom
May not be what you want from me
Just the way it's got to be
Lose the face nowI've got to live





terça-feira, 18 de março de 2008

Não foi um dia bonito

Paguei com juros e correções pelo mal que fiz. Profundo né?
Se tive um dia "chatinho" no shopping, fiquei com uma segunda-feira castigadora.


Sabe aqueles dias que só da maneira que é acordada revela que não vai sair nada de bom? Até se apela para o Segredo com frases do tipo "Pensamento Positivo". Pode crer NADA DEU CERTO, nem o pensamento bom. Lei de Murfy ganha.

Eu tinha prova ontem, e até consegui duas horas de dispensa com a Japa louca para estudar. Eu realmente tinha estudado. So o domingo que não peguei no caderno direito, mas eu realmente tinha me esforçado. Mas anatomia é uma matéria pesada e em curso tecnico fala bem por cima.

Quando cheguei pra fazer a prova, eu achava que não tinha saido a matéria pelo ouvido até porque andei bem devagarzinho pra não sair nada que estudei por algum buraco (sensação besta). Chegando na escola, a bomba: a prova ia ser em trio.


Provas assim tem dois lados, ou você se dá muito bem ou se dá muito mal, tudo depende de quem são seus parceiros. Eu me dei absurdamente mal. As minhas parceiras não sabiam nada e conseguiram me deixar tão nervosa. Não me ajudaram em nada e conseguiram a proeza de te atrapalhar o raciocinar. A matéria saiu pelo pior buraco do corpo humano, literalmente.

Eu tenho dois neurônio, o tico e o teco. Mas elas tinham só o Tico, justo aquele que é o mais tonto. A professora até dava uma olhada, mas eu literalmente TRAVEI. Eu nunca choro e quase o fiz na frente de muita gente. Nossa que raiva, ser aluna de Ótimo e bom e ver sua nota ser rebaixada pra Insatisfatório. A prova ficou um lixo e ainda por que eu que meti meu bedelho e tentei responder as perguntas, elas não me ajudaram em nada.

Eu sou obrigada a fazer prova em grupo pra "ajudar" os outros e tenho nota baixa? Mereço. Segundinha lascada viu.

segunda-feira, 17 de março de 2008

Uma caipira no shopps.

É meio estranho falar caipira porque Itape também shopping, mas tive que ir para Sorocaba e passar uma tarde inteira vadiando no de lá. Acontece que eu tinha que fazer um concurso mas não paguei a bendita inscrição pois utilizei o dinheiro pra pagar umas contas atrasadas. Do mesmo jeito, tive que "fazer de conta" que fiz. Definitivamente o "Creme não com pinça" mas podem crer que o Karma me persegue e eu literalmente PAGUEI pelo que fiz (post de amanhã).

Passei a tarde toda no esplanada. Comi no MC Donalds,alias uma tradição pois sempre que vou neste shopping eu TENHO que comer no MC. Parece bem idiota pois Itape tb tem e eu nunca como lá. Eu sempre pego aquela bandeja de lanche simples, batata e coca (aguada), isso por que é a mais barata e vem tudo. Eu não pago 10 contos num lanche sendo que o melhor lanche de Sorocaba custa 3,50 e com refri na faixa. Enfim, tradição é tradição.

Definitivamente eu amo a Renner, C&A e Riachuelo. Adoro por que tem MUITA COISA pra fuçar. Ai se eu tivesse dinheiro. A dona do meu cartão de crédito nem tava junto, então só podia ficar babando. Não entendo por que algumas pessoas não gostam dessas lojas, lá é tão legal. Itapê não tem. Engraçado que eu não consigo entrar em loja como a Colcci e a TNG, tenho a impressão que as vendedoras me olhariam com tanta cara de c. que tenho a impressão de ser expulsa só com o olhar.

Quer ver homem bonito? Vai pro shopping. Só que vai voltar decepcionada. É a maior concentração de homens bonitos com namoradas. Chega a doer a injustiça. Passeando pelas americanas encontro um bonitinho daqui de Itape, dei até minha olhadinha. Eis que chega a namorada do cara. Fiquei tão sem graça que piquei a mula.

Resumindo, o meu dia só melhorou porque consegui achar a minha amiga Mari e voltar embora de carro pra casa. Mas NUNCA MAIS. Nem consegui pegar um cineminha pois lá era uma facada, 16 PILAS. Um absurdo e só tinha filme chato.

sexta-feira, 7 de março de 2008

Coelhinho da Páscoa que trazes pra mim...

um ovo, dois ovos (ui) , três ovos (oloco) assim...

Kazinha disse e eu confirmo:Sou a única pessoa que fica em um emprego pra ganhar um ovo de chocolate. Portanto, apoio totalmente a campanha: "De um ovo de chocolate pra Pri". Todo mundo preparando ovos caseiros, com bichinhos de pelucia, outros docinhos de recheio e enviando direto pra minha casa.

A minha historia de chocolate começa assim. No sábado de aleluia de 95, eu tinha meus 7 ou 8 anos e fiquei bem triste pois mamãe avisou que aquele ano não ia ter ovo. Todo mundo sem dinheiro . Fiquei meio triste, mas sou uma pessoa bem compreensiva. Mentira, é que eu não ligava pra doce mesmo, até agora não sou tão chegada como os outros, sou balofinha por causa de pizza.

Acontece que no dia seguinte, todo mundo ganhou chocolate menos eu e o meu irmão. O pior é que criança é um bicho cheio de fazer inveja pra outra "Eu ganhei vocês não". Aquele bla bla bla todo, e não era nem meio-dia.

Eu sei que quando deu a hora do almoço, eu olhava pra aquela lasanha da minha mãe (I love soo much) e nada de fome bater. Acho que foi a única vez na vida que não repeti quatro vezes. Acho que foram só duas.

Mamãe Marga sacou o desanimo dos filhotes, mas ficou na dela. Só que minha mãe é um bicho meio encrenquerinho. Ela viu que minhas vizinhas não paravam de zuar a gente e nem oferecer um pedacinho pra nós. Ela se vingou legal.

O zé e eu estávamos na frente de casa, a vizinhança estava lotada e eis que surge a minha mãe com uma caixa gigante. Tá bom, não era tão grande assim, mas na época eu era pirralha, pro meu tamanho a caixa era enorme. Eis que ela tirou da caixa um ovo de chocolate MUITO grande. Aquilo tinha uns dois quilos de chocolate.

O nosso queixo foi parar no chão. Não lembro se minha mãe ganhou o ovo numa rifa ou se foi da polícia, so sei que ela queria fazer surpresa pra gente e conseguiu. Se parasse por ai até que vai, mas depois chega minha madrinha e da mais ovo, depois a falecida vizinha, depois minha avó.
Sei que a gente ganhou TANTO ovo que teve chocolate até a festa junina. Literalmente cagamos chocolate, que a geladeira até fedia a tal.

O pessoal da rua ficou tão sem graça, mas como não éramos malvados, demos pra galera também. Que época boa.

quinta-feira, 6 de março de 2008

Gente estranha

Eu falei que minha chefe fala de si mesma, em terceira pessoa. Vamos concordar que essa é uma característica de gente LOUCA e digamos que ela o é.

Mas tem o cúmulo da loucura: Ela me chama pra falar de um aluno, para eu passar um recado pra ele. Detalhe: A criança ta na frente dela, escutando tudo e estranhando.Por que raios não fala DIRETAMENTE pro serzin? Precisa me fazer de pombo-correio?

São duas pessoas em uma mesma conversa, falando a mesma língua e com um intermediário repassando o que o outro diz. Parece aquelas ceninhas de "Fale para fulano que eu quero meu prato de volta", ai tem um idiota que vira (no caso, eu) que repassa o recado e por ai vai. O pEor é que eu sou obrigada a repetir o que ela fala.

Se parasse por ai, eu não teria tanto do que reclamar. ela conversa COM ELA MESMA, em tom alto e olhando na minha cara, como se eu estivesse entendendo de tudo que ela ta falando e depois da risada (meio forçada) da minha cara de incógnita. Tipo, mó chat rolando na mente dela, e eu de fora. Maravilha.

Pra entender essa SER, vou ter que aprender a arte da Clarividência, porque é só ler a mente. Ou levar ao pé da letra a frase "Com doido não se discute, concorda ou finge que não ouve".

Goya e Los Frutas

Essa é um post meio "interno",e acho que os blogueiros de plantão (que adoro muito também) não vão entender. Mas tudo bem, é só pular este post. Meus amigos são tão totalmente excelentes que nunca nem comentam aqui, falam que lêem então eu vou me explicar a todos eles por aqui mesmo.

Ano passado os Frutinhas vieram em casa no meu niver. Não todos, mas ja perdoei os que não vieram. O plano era o Goya e eu irmos pra Frutal-MG encontrá-los, alugar muitos filmes, comprar muita Cerveja Fass, embebedar o Richard com disco voador, ver o Strip do Ruy, tirar foto, ir pras fazendas, beber, bei(opssss), e mais outras coisas.

Acontece que QUANDO EU TINHA DINHEIRO e não tinha mais nada de emprego ou estudo me prendendo, ninguém quis ir comigo. Ai que meu Poderoso Chefão (gente vamos entrar em acordo: meu pai é a cara do Dom Corleone) não deixou eu ir MESMO, mesmo eu sendo o cérebro. Digo isso que esses frutas não sabem se virar em rodoviária sem ligar pra mim ?

Agora gente, ir pra Frutal no meio do mês de Março, em duas semanas ta FORA DE COGITAÇÃO. Eu no meu curso que ta puxado, vou sair no final do mês do CUmão(Yesss.... eu pedi pra sair, mas vou ter que esperar), sem um tostão furado no bolso (tem 10 reais de VR), devendo até pra barraca do bolinho de frango e pra Avon, gente SEM CONDIÇÕES. Nos proximos meses duvido que minha conta bancária vai conhecer dinheiro. Pra ter uma noção, o banco ta querendo fechar minha poupança porque Money que é good não have. O seu Lázaro (daddy) não vai deixar MEMO, e Mamys não vai dar dinheiro também. Tem várias coisas pra resolver por aqui, eu vou só passar esse primeiro bimestre pra procurar emprego em algum consultório, tenho que guardar dinheiro pra fazer outro vestibular (guardem segredo: Odonto hehe). Mas então, quem sabe la nas férias de Julho? ein ein ein?

Meus Frutenhas, eu to doida pra ver vocês de novo. Tascar um beijão no Richard (só um vai?só pra matar a vontade!), um apertão na bunda do Ruy (ui), um grande big mega master abraço na Maps (e levar o DVD da "Bonequinha de luxo" junto), trocar uma idéia filosófica com a Assoni, conhecer enfim o Fred e a Stefania e também o resto da turma. Nesta eu conheço também o Renan, o cara mais engraçado de Frutal e que vai me pagar tantas brejas quanto eu quiser e vai fazer batidas de Baum baum pra mim.

É isso pessoaR, eu adoro vocês, eu sei que vocês querem que eu vá pra ai mas no momento NÃO DÁ. Hehe. A casa ta aberta aqui pra vocês se vocês vierem. Podem vir se quiserem. Bjaum.

p.s.: Ninguém curtiu minha idéia do encontro no Hopi Hari? La é MAIS provável que eu possa ir. Mas também não agora.

segunda-feira, 3 de março de 2008

Pede pra sair

Sabe quando você acorda de manhã cedo em plena segunda, precisa ir trabalhar em algo que não gosta, mas decide ir e fazer seu melhor?

Pois é, hoje foi assim. Pensei "Hoje eu vou no Cumão e vou tentar melhorar, ajudar as crianças e tentar ser uma boa funcionária". Ninguém pode dizer que eu não tentei. Alias alguém pode dizer. A minha chefe. Ai que mulher que me aterroriza. Não só a mim, a criançada tem pavor dela. E minha paciência ta pequininha. Se karma existe, na minha outra vida eu fui Capataz do Sinhá Moça.

O que será que eu faço pra aquilo tentar gostar de algo que eu faço? Nada. Só se eu resolver aplicar uma injeção com sonífero na bunda dela, ai ela tem um sono profundo e o céu vai abrir pra todos. De boa? to mandando tudo pro C*. Prefiro ficar o dia todo estudando pra passar no vestiba do que passar por ISTREis num (sub)emprego. Hoje ela segurou pra dizer que tudo que eu faço tudo errado. Ela disse fEz, mas ia dizer fAz. É de cortar o animo de qualquer um que esteja empenhado em fazer um bom trabalho.

Mas ai a CENA. O ser me falou isso e mais umas coisas que me deixou BEM chateada, quase chorei. Mas não o fiz porque sou durona e choro e xixi não faço na frente de ninguém. Até dei uma arejada na mente. Quando eu volto, eis uma dócil menininha de só 4 aninhos me chama a atenção. O a dela deixa a no curso e saiu. Chefe tem que atender a menina (tenho certeza que ela não gosta de criança pequena), mas a criatura abriu "O" berreiro. Aliviou minha alma, nunca fiquei tão feliz de ver uma criança fazer a manha que a menina fez. Por dentro eu ri muito, minha pequena vingança não planejada. Sei la o que a Cruela fez pra garota parar de chorar, mas durou muito pouco, queria mais lágrimas. hehe

Fora esse momento bom, eu to afim mesmo de pular fora. Literalmente pedindo pra sair.Não vale a pena se estressar por tanto. De acordo com uma ex-comparsa (a famosa Crisão) é pra eu segurar as pontas até a Páscoa, pois la a Chefia dá um ovão de chocolate. Disse que é pra eu jogar um verde. Gostei da idéia, mas não pode passar desse mês por que no outro é aniversário da chefia e ae tem que COMPRAR presente. fora .