quarta-feira, 27 de fevereiro de 2008

Priscila... sua burra!

Minha vida ta virando um blog aberto mesmo, então decidi contar a história mais podre que aconteceu comigo. Eu juro é a mais podre mesmo. Pra vocês verem como minha vida é animada. Eu estava pensando nessa historia ontem a noite e escrevi num papel. Decidi por aqui.

Sempre que estou apaixonada acho que minha vida amorosa é uma tragédia.Pura balela. E uma verdadeira comédia (até rimou). O bom do período de "coração livre"(?) é que da para filosofar sobre as cenas mais cômicas que presenciei com meus ex-loverboys.

A história mais engraçada, e idiota, foi com o maníaco do banheiro. Explico melhor. Havia um menino com uma beleza ... exótica. Ok ok, ele era bonito. Conhecido como Puto. Era um nerd muito gente fina na escola e que nos finais de semana soltava a franga. Fiquei sabendo da fama de beberrão e galinha depois de ter caído na labia dele. E isso depois de eu ter saído da CNTP também (joga no google). Aprendi a lição e passei a evitá-lo sob essas circunstancias.

Acontece que houve um churrálcool do colégio que eu fiz cursinho e o campião estava lá, com asas pra cima de mim. De inicio nem dei muita bola, porque eu estava extremamente desanimada no dia. Mas depois me animei com terceira lata de skol e 3 dias tomando fluoxetina. Esse remédio misturado com uma quantidade considerável de alcool deixa qualquer um falando sueco. E quando eu bebo eu fico facin facin (nem sempre ok), mas trechos desse churras nem lembro como foi. Lembro de gente quebrando torneira, sendo picada por abelhas, jogo de basquete, chapéu mexicano, truco...

Enfim, o ponto alto da tarde. Fui parar no banheiro com o menino (por isso o doce apelido). Mas aconteceu algo? Haha óbvio que não. Eu fingi um desmaio pra nem precisar beijar o infeliz. Idéia de jumento, porque eu PEGUEI NO SONO! (eu acho). Só sei que sai com uma fama que nem merecida foi. Nem saliva troquei, pelo que me lembro e se não lembro NÃO FIZ.

Acontece que dias depois eu fiz uma brincadeira (sem noção) com um outro amigo. Deixei no orkut dele uns parabéns por ele virar papai, só de zoeira. A mãe dele viu, e pra provar pra véia que não era verdade o menino rebolou. A vingança dele foi um pouco mais pesada. Em vez de fazer um recado igual ao meu, o bonito enviou pra algumas pessoas da minha lista que era pra me dar uma força,que eu passava por um momento difícil, estava PRENHA. Quem me conhece sabe que eu não serei santificada, mas é BEM difícil acontecer isso comigo.

Lembra do 1° menino do maníaco do banheiro? Pois é. Passou uns dois meses e vi ele de novo e de cabeça raspada. Tinha passado na faculdade e ia embora. Só que aquele dia eu estava alterada, de novo e o que eu faço? Tento trocar um dedo de prosa com o infeliz. Eu assumo que eu fui idiota em falar com o ser.

Sabe o que ele falou? Que ficou sabendo da minha gravidez e que não era o pai do bebê (será que eu estava muito gorda?). A mais celebre frase: Esse filho não é meu não, mal toquei em você aquele dia. Eu nem lembro se desmenti essa história, mas ai que vem a bomba: Tive a proeza de me declarar pra aquela fraude.

Nem vou entrar muito nas diferenças entre amor, paixão e atração física porque ... hey sou eu, a pessoa mais confusa amorosamente. Mas eu faço uma revelação de carinho por alguém e o ser me larga falando sozinha? Óbvio que eu não falei aquilo de caso pensado. Mas juro que se pudesse voltar ao tempo seria diferente.

Por exemplo, como mulher inteligente eu jamais teria bebido tanto e falado (e ficado)com aquele muleque. Mas como mulher esperta, eu juro que teria aprontado com ele. Falava "Fodeu preibói, Cuida que o filho é teu sim". Com direito a pose, escandalo e mão na barriga. Vingaça perfeita. Que estudar o que, vai trabalhar pra comprar a frauda pro seu filho.

Sabe o lado mais irônico dessa historia toda? Depois fiquei quase um ano e meio sem ficar com mais ninguem. Não por ser apaixonada pelo ser pois faz dois anos que não vejo, mas é por que a fila anda . Não deu meia hora e eu ja tava boa de novo.

6 comentários:

Ruy :F disse...

Louca, hehehehehe!!!!
E vc nem tinah me contado da parte do bb!!! vc tirou??? :F
hehehehe
beijokas

Priscila M.R. disse...

Magina Ruy, tenho uma revelação a fazer: Você é MEU FILHO com ele. Agora não sou sua Sistahhh
sou sua mamis!
Vem cá felhenho meo

evaodocaminhao disse...

meu, dava pra pedir pensão!

KAZINHA LACERDA disse...

huahauhauhauauhauhauahauahuahuahauhau
se vc tivesse dito q existia filho, e q era dele, dava um novelão mexicano óóóótimo!
e olha q de novelão mexicano eu entendo!
adorei!

beijo

Ruy :F disse...

mãe???
Pri vc é minha mãe???
T_T
abraça...
quero uma pensão grande :F

shiuuuu disse...

Convido-te para apareceres e participares no desafio do Shiuuuu.