sexta-feira, 4 de janeiro de 2008

Maldito Vestibular

Esse ano resolvi prestar "só" duas faculdades: Enfermagem na PUC-SP (campus Sorocaba) e Psicologia na Unesp de Bauru. tinha passado na Fatec (que larguei) e na UFSCar, mas não eram em cursos que eu gostava.
A prova da PUC é muito chata, cheia de exageros e assuntos que eu desconhecia. A redação era baseada no Leonardo da Vinci, mas totalmente viajante. Prova muito extensa pra fazer em quatro horas e ainda fiz la no prédio da Medicina, um saco. Os alunos da faculdade não paravam de azucrinar os vestibulandos, batucando e cantando o hino deles. Foi legal de ver, mas eles fizeram isso também DURANTE a prova, esquecendo que muita gente estava ali não exatamente por aquela faculdade.

O saco maior é ir pro vestiba sem companhia. Peguei amizade com uma menina simpática da moda. Encontrei uma "veterana" dos vestibas (trucentos anos de cursinho) que me "adora" (uuu).

Enfim, passei no vestibular mas como não nasci em família rica não tive 950,00 contos pra pagar a matricula. A PUC nem lançou as bolsas e nem tinha conversa para reduzirem o preço. Minha mãe ficou super triste mas vai fazer o que, tem que estudar pra uma pública mesmo.

A prova da Unesp eu fiz bem sossegada. O primeiro dia dei de cara com muita matéria de exatas que não lembrava, a prova de biologia tava muito esquisita.
Fui de van com um pessoal bem bacana e inteligente (to torcendo por todos), conheci umas meninas super legais. Comi muito e me entupi de pó de guaraná, depois das provas eu estava elétrica demais ( :P ).
A 2ª prova deu pra resolver tudo mas o tempo era muito curto, então a minha ficou um lixo total. O 3° dia foi o mais calmo de todos e a redação estava light.

De boa, não aguento mais ver o povo de Itapê fazendo prova. Me irrita profundamente encontrar aqueles "semi-conhecidos" e aquele papo "Nossa, você por aqui.. ta prestando medicina? (rs)". Pior é aqueles que estavam na pré escola fazendo prova junto com você.
Vontade maior é de bater nos fedelhos treineros que ficam comentando sobre as questões e falam "Pouts ... será que 'os CARAS' vão considerar isso?".

Eu mereço. Rezo desde que daqui pra frente seja só concurso, e que sejam um ou dois no MáXIMO. Não nasci pra fazer prova. Fui.

Nenhum comentário: