sexta-feira, 21 de setembro de 2007

Momentos de prazer... e de comida!

Adoro festinhas. Sabe aquelas voltadas pro público infantil, mas quem se diverte de verdade é os adultos. Festa de criança é onde tem comida gostosa de verdade, onde você enche a pança e fica feliz porque é de graça.

Acabei de voltar de uma festa do KUMON (pra quem não sabe é um método japonês de Matemática), fui pra receber meu diploma de português. A cerimônia é meio constrangedora.Eu, um ser grande e largo, no meio da pivetaiada com uma plaquinha na mão indicando estágio F (eu to no H). Quando voltei pro meu lugar, lá no fundo, lembrei por que eu ainda insisto em pagar esse mico todo ano: A COMIDA.

Todo final de comemoração tem TODOS OS SALGADINHOS imagináveis mais TODOS OS REFRIGERANTES IMAGINÁVEIS. Acha que eu vou perder um momento deste? Nunca.
Fui pra comer e pronto. Ta ... também fui pra ver o mico alheio, porque é mto legal ver adultos todos envergonhados, como eu, recebendo as plaquinhas e medalhinhas do kumon (tenho todas).
No meio da comilança eu penso na quantidades de dias passados a água e bolacha cream cracker. Fico pensando também sobre o que as pessoas pensam ao me ver comendo.
_ " Olha lá a gorducha... ja pegou outro".

Prometo a mim mesma, a partir daqui, que não como mais na frente dos outros.
Prometo também que vou terminar português ainda este ano. Matemática ja ta abandonada.

Um comentário:

Leon disse...

o legal da promessa é que não vai comer mais na "frente dos outros" né.
já tou imaginando uma prima mais velha comendo os docinhos das crianças escondida debaixo da mesa
auehauahea